Medo de voltar à “normalidade”

Data

Aos poucos nossa rotina está voltando ao normal, mas talvez você esteja com muito receio em sair de casa, trabalhar, voltar a fazer as coisas que eram comuns antes da Pandemia do Covid-19. Saiba neste post como entender esse medo e enfrentá-lo.

O medo de sair após um longo período de isolamento social é denominado na psicologia de Síndrome da Cabana. Esse termo se originou com estudos feitos na América do Norte, onde as pessoas ficavam durante muito tempo isoladas em cabanas, durante todo o rigoroso inverno de regiões como o Alaska.

Entendendo a Síndrome da Cabana

Esta síndrome se origina do fato de nosso cérebro busca se adaptar às situações, inclusive, alterando até mesmo sua forma, o que chamamos de neuroplasticidade.

Acontece que durante este período de quarentena você “ensinou” a sua mente que o ambiente mais seguro para se estar é dentro de casa. Você mudou sua rotina, organizou toda sua vida para viver em função disso e agora está mais difícil voltar à antiga rotina.

No entanto, cabe destacar aqui que a Síndrome da Cabana não é uma doença, mas um conjunto de sintomas que algumas pessoas podem apresentar após períodos de isolamento, como o da quarentena que vivenciamos. Alguns dos sintomas são:

  • Irritabilidade;
  • Falta de Motivação;
  • Dificuldade de concentração;
  • Alterações no sono (sonolência ou insônia);
  • Tristeza persistente;

Como lidar com a Síndrome da Cabana

Como já dito ter esses sintomas não significa que você tem uma doença, mas que você está tendo uma reação emocional, até certo ponto comum em pessoas que ficaram isoladas. Então, veja algumas dicas para lhe dar com essa síndrome:

Busque dar um passo de cada vez

Se você não consegue voltar ao trabalho, vá até a esquina. Se não pode ir até a esquina, experimente ir até à calçada de sua casa. Vá se aproximando aos poucos daquilo que você teme.

Se você tentar fazer de uma vez, talvez considere muito difícil é ache que não é capaz de enfrentar seu medo. Porém, se você for fazendo um passo de cada vez, vai perceber que você consegue tomar as rédeas de sua vida.

Mude seu padrão de pensamento

É verdade que você não pode controlar o clima, nem o vírus e muitas outras coisas. Mas, você pode controlar a forma como pensa a respeito dos eventos que te ocorrem.

Procure focar nos aspectos positivos de toda situação, foque nas suas qualidades e naquilo que está ao seu alcance.

Se você mudar a forma como pensa, alterará a forma como se sente e como se comporta.

Utilize técnicas de relaxamento

Existem várias técnicas de relaxamento naturais, como aprender a respiração diafragmática ou mindfullness. Essas técnicas vão te ajudar a se acalmar, reduzir o setress e te dar maior consciência de suas emoções.

Quanto mais consciente você estiver de suas emoções e pensamentos, mais conseguirá enfrentar as situações desafiadoras da vida.

Busque ajuda profissional

É sempre bom buscar ajuda de um profissional de saúde mental, para te acompanhar nesse processo. Isto não é motivo de se envergonhar. Todos nós precisamos em alguma momento de ajuda para superar as dificuldades emocionais que temos.

Deixe uma resposta

Mais
Artigos